23 de março de 2011

Como prevenir e tratar sintomas de cansaço constante

Para se livrar do cansaço persistente e da baixa libido, comece a tratar do tubo digestivo. Sim. Uma digestão saudável é o segredo da boa saúde sexual e do bem-estar como um todo. Isso exige o bom funcionamento dos órgãos relacionados à digestão (fígado, pâncreas e vesícula biliar).

O fígado tem papel importantíssimo na digestão, pois tudo o que comemos ou bebemos passa por ele. Portanto, o principal desafio é evitar sobrecarregá-lo – isso é essencial para a saúde geral e o bem-estar. Um fígado congestionado permite o acúmulo de toxinas que poderiam ter sido removidas do corpo, mas que voltam a circular no sangue, causando danos aos tecidos e aos sistemas corporais. Também é muito importante evitar comidas pesadas à noite, preferindo fazer o jantar até às 20h no máximo. A partir das 23h nosso corpo começa a fazer desintoxicação da vesícula biliar e fígado.
 
Os sinais de fígado congestionado são:
  • dores de cabeça;
  • perturbações digestivas;
  • insônia; (ou acordar por volta das 3:00 da manhã)
  • sensação de cansaço pela manhã;
  • pele amarelada.
Para dar um descanso ao fígado, deve-se cortar carne, gordura, alimentos refinados, açúcar branco, farináceos e álcool.
Outra forma de desintoxicar o fígado é beber em jejum suco fresco de meio limão misturado com meio copo de água morna; ou suco de cenoura, aipo, salsa e maçã. Também pode-se recorrer à fitoterapia como dente-de-leão, alcachofra, carqueja, zedoária, boldo.

A limpeza do cólon também é importante para a boa saúde. A simples colocação de água quente filtrada no reto pode atenuar problemas como indigestão, gases, dores de cabeça, problemas comuns, alergias e problemas na pele.

Alimentos que contribuem para a digestão saudável

Ameixa: é um laxante natural.

Aspargo: rico em magnésio, ajuda na digestão e a evitar constipação e inchaço.

Aveia: contém fibras que se ligam aos ácidos biliares gordurosos, reduzindo a absorção deles pelo corpo.

Banana: um probiótico natural.


Brócolis: um vegetal rico em glutamina, aminoácido essencial que pode retirar elementos cancerígenos no trato digestivo.

Cebola: cozida alivia a indigestão.

Centeio: boa fonte de nutrientes que protegem os órgãos ligados à digestão.

Cúrcuma: anti-séptico intestinal.

Endro: tem ação antidiarréica, é rico em vitamina B6 e ajuda o organismo a assimilar proteínas e gorduras adequadamente.

Espinafre: rico em nutrientes antioxidantes, age no trato intestinal.

Funcho: laxante natural, ajuda a aliviar problemas digestivos.

Gengibre: um dos melhores tônicos que existem. Para uma boa digestão, beba meia hora antes das refeições um pouco de gengibre ralado misturado com sumo de limão fresco, mel e água morna.

Iogurte: fornece bactérias probióticas que ajudam na digestão.

Lentilha: boa fonte de glutamina.

Nori: alga que ajuda o organismo a digerir melhor os alimentos fritos.

Quinua: rica em vitaminas B, ajuda a digestão. É o grão mais rico em proteína.

Repolho: estimula o sistema imunológico e protege o aparelho digestivo.

Salsa: ajuda a digestão.

Suco de couve: alivia a inflamação e combate úlceras estomacais.

Tahine: pasta feita com gergelim, rica em magnésio.

Vinagre de maçã: moderadamente, contribui para reforçar a digestão e prevenir a diarréia.

Vitamina B5 (pantetina): encontrada em grãos inteiros, tem papel importante na conversão das gorduras, proteínas e carboidratos dos alimentos em energia.

Zimbro: excelente diurético.

Fonte: blog "cura pela natureza"

Nenhum comentário:

Postar um comentário