1 de julho de 2009

Margarina - um mal fabricado pelo homem

Reproduzo aqui um artigo interessante extraído do site http://www.umaoutravisao.com.br/artigos/Alimentacao/margarina.html. Se você acha que margarina não faz mal, experimente deixa-la aberta fora da geladeira por alguns dias. Nenhum mosquito chegará perto, pois não tem nutriente nenhum.
"A margarina é um produto muito didático quando queremos avaliar de que forma o poder da indústria e da mídia ligada à ciência médica consegue fazer de um produto praticamente não alimentar algo que lota as prateleiras do supermercado e ainda consegue se fazer passar como elemento de incremento à saúde por proteger o coração, baixar taxas do mal falado colesterol (um elemento corporal incrivelmente demonizado, pois sua demonização atende ao capitalismo científico) e outras benesses.
Em primeiro lugar deve ficar claro que a invenção da margarina, não se deve a preocupação de encontrar um substituto mais saudável que a multissecular manteiga. Sua criação data de meados do século XIX (1869), época em que a discussão alimentar estava longe da vigília científica. Sua inspiração não poderia ser mais pragmática: encontrar um substituto mais barato que a manteiga, visto que o gestor deste desafio, Napoleão III lidava com grave crise econômica em suas fronteiras. Seu nome "margarités"(grego) significa cor pérola, e sua origem é do reino animal - uma mistura comprimida de gordura do sebo de vaca, leito desnatado, partes menos nobres do porco e da vaca e bicarbonato de soda. (Como se sabe a manteiga é nada mais do que leite e sal - super artificial, não?). Em 1890, uma empresa americana começou a vendê-la em pacotes, embora uma família holandesa tenha sido a primeira fabricante para a Europa.
Os componentes da margarina tem se modificado com o passar do tempo, mas foi principalmente após a sedimentação da indústria química alimentar, que iniciou uma guerra santa contra a gordura saturada e os produtos de origem animal, que a margarina ganhou a composição mais próxima da atual, baseando-se em extratos oleoginosos vegetais. Seu processo atual inclui o uso de solventes de petróleo (geralmente o hexano, que é bem barato), ácido fosfórico, soda, que resulta numa substância marrom e mal cheirosa, que sofre novo tratamento com ácidos clorídrico ou sulfúrico, altas temperaturas e catalisação com níquel, que deixa o produto parcialmente hidrogenado. Resta então um produto de ótimo prazo de conservação, com textura firme mesmo a temperatura ambiente, que não rança, não pega fungos, não é atacado por insetos ou roedores. Enfim é um não-alimento.
O processo todo acaba por formar uma substância rica em um tipo particular de gordura chamado "trans", insólita na natureza e de efeitos nocivos para o homem, além disto, como é de conhecimento público o principal predicado da margarina é ser rica em óleos poliinsaturados, que hoje, já se sabe, contribuem para um grande número de doenças.
O Estado de São Paulo, já noticiou em 14/11/99, que a gordura da margarina causaria mais danos à saúde que a gordura saturada (segundo o FDA, órgão americano de fiscalização de alimentos e remédios). Em uma revista Exame, também de 99, saiu um artigo um pouco mais extenso e grave alertando sobre os perigos deste produto, e das implicações que as poderosas multinacionais americanas estavam sofrendo no próprio país por colocar no mercado produtos comparáveis ao cigarro em termos de periculosidade! (Mas que gera mais de 8 bilhões de dólares). Curioso é que a repercussão no Brasil é escassa. (Mas não é de se estranhar, afinal qual é a participação da soja no PIB brasileiro? ). Há uma farta literatura disponível para quem quiser se informar sobre isto em revistas de saúde e na Internet, produzida por estudantes sérios e descompromissados com os costumeiros patrocinadores de investigação técnica: laboratórios e indústrias químicas alimentares. Na França uma revista de informação - "L'Ere Nouvelle" - ganhou uma ação contra o sindicato dos produtores de margarina local, que a havia processado por publicar o artigo "A margarina e o Câncer".
Resumidamente, a margarina, pode estar relacionado a disfunções imunológicas, danos em fígado, pulmão, órgãos reprodutivos, distúrbios digestivos, diminuição na capacidade de aprendizado e crescimento, problemas de peso, aumento no risco de câncer, e principalmente: transtornos do metabolismo do colesterol, incremento de ateroesclerose e doenças cardíacas. A margarina promove o que ela se propõe a tratar!
Não há dúvida: não há nada mais saudável que a boa e velha manteiga, que acompanha a humanidade há dezenas de séculos,pode ser feita artesanalmente no ambiente familiar, e só foi considerada nociva e politicamente incorreta após a revolução industrial, que também aqui conseguiu deformar nosso entendimento de saúde e bom senso."

33 comentários:

  1. muito interesante a colocação feita sobre o mal que a margarina faz a nossa saúde. Eu sabia que não fazia bem, mas que fazia tão mal assim.......... não dá.
    A partir de agora vou de manteiga mesmo.
    obrigado

    ResponderExcluir
  2. Muito esclarecedor,

    Obrigado!Eu também prefiro a manteiga e faço campanha contra a margarina. Interessante é que "nutricionistas" indiquem este veneno adicionado de omega 3 aos seus pacientes.

    ResponderExcluir
  3. Socorro sou viciado em margarina, cacredito que o consumo da margarian seje responsavel por uns 5KG a mais de gordura acomulada em min....Maldita deliciosa Becel e afins......Etc...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. tenta comer patÊ

      Excluir
    2. coma pão seco mesmo...tome cafe pra não ficar intalado.

      Excluir
  4. É um excelente artigo. Aqui fica outro sobre óleos vegetais poliinsaturados - http://www.canibaisereis.com/2010/07/17/doentes-cardiacos-oleos-vegetais-aceleram-mortalidade-cardiovascular/

    ResponderExcluir
  5. Grata pelo link, muito bom o texto. Realmente a margarina por ser um produto fabricado com uma gordura que o nosso corpo não reconhece, acaba agredindo muito as artérias e aumentando a incidência de doenças degenerativas, além do que excesso de ômega 6 na dieta atual eleva inflamação do corpo. O que está havendo também é que algumas margarinas substituiram a gordura vegetal hidrogenada pela gordura interesificada que é muito pior.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. NOSSA, NÃO IMAGINEI QUE FAZIA TÃO MAL ASSIM..
    MAS AGORA ESSAS INDUSTRIAS DE MARGARINA NÃO VÃO MAIS RECEBER MEU SUADO DINHEIRO - ADELINA / ARARAS-SP

    ResponderExcluir
  8. Li recentemente que se colocarmos um vasilhame de manteiga e um outro de margarina num local isolado da casa, no decorrer de 30 dias, o vasilhame de manteiga estará vazio e o de margarina intacto e sem mofo.Fiquei pasma e tenho passado essa informação.

    ResponderExcluir
  9. O MINISTERIO DA SAUDE , DEVERIA PROIBIR A VENDA DESTE PRODUTO, POIS AS FABRICAS VENDEM A MORTE PARA TODOS NÓS, QUE NÃO TEMOS ESTAS INFORMAÇÕES TÃO IMPORTANTES.

    ResponderExcluir
  10. NOSSO REALMENTE NEM SEI O QUE COMENTAR POIS EU COMO MARGARINA COM PÃO TOU NA PINDAIBA

    ResponderExcluir
  11. Caraka,aí esse texto tá reponça,vou tirá dez no trabalho.De boa,não sabia que fazia tão mal assim.Realmente isso é uma redução da população ,poluem o que comemos,bebemos e o ar que respiramos.Isso é uma conspiração.

    ResponderExcluir
  12. cuidado vcs que tem familiares em lar geriatrico ou casa de repouso ;caso nao seja um lar geriatrico serio eles usam MARGARINA.Vale a pena verificar e boa sorte

    ResponderExcluir
  13. tenho mais de 40 anos minha saude é boa, não sou obeso,não tenho problema com disturbios de pressão,e como margarina desde criança, mas se tudo é verdade, estou condenado a morte já passei da validade,quanta bobagem recebi email dizendo que a margarina é quase um plastico,agora que é feita de solvente de petroleo,daqui a pouco vai dizer que é produto sintetico

    ResponderExcluir
  14. Fiquei pasno como a margarina é feita,a industria matando os milhares e recebendo milhões para seu bel prazeres, gostaria de saber porque os nutricionista falam tão mal da manteiga e não falam do mal que a maldita da margarina faz, deve está recebendo os deles também, digam não a margarina

    ResponderExcluir
  15. Sou filha e esposa de técnicos agrícolas, e o dois falam assim: "Se você ver como é feita a margarina, você nunca vai querer comê-la". Como, as vezes, e uso em algumas receitas, mas nada substitui o sabor da manteiga, que aliás produzo...

    Carla

    ResponderExcluir
  16. É estamos ferrados Margarina é prejudicial a saúde , a Manteiga ao bolso, se ficar o bicho come se correr o bicho pega.Deixei de fumar porque fazia mal , deixei te tomar umas caipirinhas porque fazia mal , acho que terei que deixar de viver pra não fazer mau a SAÚDE...

    ResponderExcluir
  17. Podemos substituir a manteiga e a margarina por outros produtos feitos em casa. Já utilizei uma pasta feita de ricota, leite, óleo vegetal e temperos.

    Porém o mais curioso é que nunca li um artigo de um nutricionista esclarecendo a questão manteiga x margarina.

    ResponderExcluir
  18. Sempre deixo o óleo de milho e o azeite fora da geladeira, e eles não se estragam, eu acho que deve ter muitos conservantes, vou pesquisar mais e depois retornarei.

    ResponderExcluir
  19. Uso essa cretina na minha casa ate hj
    a apetir di hj to fora , ja sabia qi essa cretina nao fasia bein meu irmao macio e viciado ma qualy
    Vou mostrar pra ele esssa materia.

    Numka mais vai qdrer qualy e nrnhuma outra drsssas bombad f venemo


    obrigad. mrga intdrssant. Lups
    jr ml

    ResponderExcluir
  20. Qem tem amor proprio jamaid udaria magarina
    ps lu

    ResponderExcluir
  21. quando eu como margarina no outro dia é automático!!! meu rosto sempre aparece com uma espinha...

    ResponderExcluir
  22. me sinto inchado. deve ser da margarina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. DEVE SER A PARAFUSETA DA CATARINETA FOLGADA, É SÓ DAR UM APERTO !!!

      Excluir
  23. Infelizmente esta é a realidade.Viemos para a cidade e dependemos das industras de alimentos que na verdade estão sabotando os alimentos.Nunca teve tanata gente com câncer como esta tendo agora,até crianças estao tendo essa doença.Os hospitais andam lotado de gente doente.Nunca se vendeu tanto plano de saúde como se tá vendendo agora.Os dono do mundo querem reduzir a população mundial e eles estão fazendo isso é sabotando os alimentos e água que bebemos.Só nos resta a ajuda de Deus.

    ResponderExcluir
  24. Tudo na sua medida não faz mal. Como muitos já disseram aqui, como margarina há muitos anos e minha saúde está perfeita, conforme dizem os exames. Gosto mais do sabor da margarina do que do da manteiga. E mais: já teve até cardiologista me indicando margarina. Isso está-me cheirando guerra de publicidade.

    ResponderExcluir
  25. Curiosidade. A Becel que é indicada pelo Incor, inclusive indicada com logomarca na embalagem, também entre na lista dos vilões?

    ResponderExcluir
  26. Eu não acredito nem em médicos depois dessa. Se podem nos receitar esse veneno como confiar em qualquer um deles? Acho que devemos ler e analisar tudo para não ser enganados mas com essa industria alimentícia nos matando está difícil porque a margarina não é nada kkkk. Transgênicos para tudo que é lado

    ResponderExcluir