24 de fevereiro de 2009

Os tipos de açúcar

O açúcar causa acúmulo de gordura, altera o metabolismo, inibe a absorção de cálcio, magnésio, selênio e zinco. Também promove o envelhecimento precoce, destrói bactérias intestinais, enfraquece o sistema imunológico, e é a principal causadora da diabetes. Afeta todo o sistema digestivo em virtude da sua fermentação, inclusive produzindo álcool que entorpece as células protetores do fígado. Na antiguidade era considerado uma droga. Os tipos de açúcar são:
Açúcar branco (refinado): é um produto biocida, totalmente desvitalizado cheio de aditivos químicos que eliminaram os sais minerais e vitaminas.
Açúcar cristal: possui grânulos maiores que o refinado e sofre algum processo de refinamento. Possui alguns traços de nutrientes, aproximadamente 10%.
Açúcar demerara: esse tipo de açúcar é utilizado pela indústria farmaceutica para a preparação de remédios como xarope e não possui aditivo químico.
Açúcar mascavo: é o açúcar integral, escuro e úmido, não passa por processo de refinamento e por isso mantém grande parte dos nutrientes, inclusive o cromo que é amigo do pâncreas.
Açúcar orgânico: é escuro e granulado e não possui agrotóxicos e fertilizantes.
Açúcar light: é uma combinação de açúcar refinado com adoçantes artificiais.
Açúcar de confeiteiro: é super refinado, recebendo ainda amido de arroz, de milho ou fosfato de cálcio, permitindo que os minicristais não se juntem novamente.
Frutose: este açúcar está presente nas frutas, no mel, nos cereais e até em vegetais, sendo também conhecido como levulose, e nos foi dado pela natureza. É o único açúcar que não precisa de insulina para ser metabolizada, sendo absorvida totalmente pelo fígado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário