6 de abril de 2010

A saúde depende do seu intestino

Hipócrates já dizia, somos o que comemos. Pouca gente dá importância ao intestino, mas saiba que esse órgão não foi feito apenas para eliminar o que comemos, mas também para processar nutrientes, sintetizar vitaminas como a B12, a vitamina K e D, fabricar neurotransmissores como a serotonina e dopamina. A ciência já descobriu que o nosso intestino age independente do nosso cérebro, sendo classificado como segundo cérebro. Quando acontece a prisão de ventre, ocorre alteração de humor, fermentação, a pessoa fica fica "enfezada".
A alimentação atual contribui para a obstipação em face da dieta pobre em fibras, estresse, poluição ambiental, uso de remédios alopáticos, adoçantes artificiais, açúcar refinado, carnes e frango contaminados com hormônios e antibióticos, leite de vaca e derivados.
A seguir assistam um vídeo sobre o intestino. Por que não fazer uma limpeza de vez em quando? Seu corpo agradecerá. 
"Deixas sair o que estás em ti e tu salvarás" (Evangélio Apócrifo de Tomé)